Ultimas...

Artigos mais recentes

Rádio Serrana de Lagoa Nova comemora 11 anos no ar

domingo, 23 de abril de 2017 / Sem Comentarios
A Rádio Comunitária Serrana FM 87,9, importante veículo de comunicação  da cidade de Lagoa Nova, entrou em operação em março de 2006 e em 2017, completa 11 anos de prestação de relevantes serviços de comunicação no município.


Ouça a rádio >>>


Com uma programação eclética e voltada a divulgar os assuntos de interesse da comunidade, a Rádio Serrana FM tem em seu cast competentes colaboradores, que durante este período de 11 anos, tem procurado fazer o melhor, priorizando oferecer um serviço de qualidade aos seus ouvintes. Recentemente a direção da emissora investiu em equipamentos adquirindo modernos microfones para assim melhorar a qualidade do áudio que chega aos receptores de seus ouvintes. Na religiosidade local, a emissora tem reservado espaço em sua grade para que as igrejas do município possam manifestar suas crenças fazendo assim o contato com os seus adeptos.

Atualmente os colaboradores Chagas Gomes, R Silva, Ray Santos, Raleyca Lígia, Leandro Costa, F. Fernandes, F. Costa, Paulo Miranda, Betinho e o estagiário Geniélio,  vem atuando diariamente na grade da emissora levando informação e muita música aos ouvintes da Rádio Serrana FM.

Nestes 11 anos de atividades, muitos contribuíram com o seu valioso talento na programação da emissora. Nomes como o saudoso Joaquim Luis (Quinca, In memorian), Val Araújo, o professor Cícero Romão, Palloma Lima, Emanuelle Gomes, Andréia Silva, Diego Pessoa, Girlânio e Liraldo Dantas (in memoriam). No esporte, importantes nomes do segmento se destacaram na emissora, tais como,  os comunicadores Lusiano Pereira, Pedro Guimarães, Vavá Santos e Edson Marcelino. Todos estes deixaram sua marca durante o período em que colaboraram na Rádio Serrana FM.

RÁDIO SERRANA FM 87,9 UM BEM DA COMUNIDADE.

Para interagir com seus ouvintes a disponibiliza os seguintes links de suas redes sociais para os seus ouvintes; 

Whatsapp: 84 9 9965 1154

Fonte: Lagoa Nova Destaque

Rádio Cidadania de cara nova

quarta-feira, 19 de abril de 2017 / Sem Comentarios
A Rádio Cidadania, de Mossoró, apresenta a sua mais nova identidade visual, com objetivo de aproximar e facilitar o reconhecimento dos ouvintes, parceiros, clientes e colaboradores.

 
A logomarca tem o vermelho como a cor predominante. O  vermelho da impulsividade, paixão, força, calor, alegria e otimismo. E que venham novas histórias, novos sorrisos e novas pessoas. 

Ugmar Nogueira - Diretor

Rádio Santa Rita promove Jornada Cultural

terça-feira, 28 de março de 2017 / Sem Comentarios
A Rádio Comunitária Santa Rita, em Santa Cruz deu início nesta sexta-feira, 28 de março, a programação da XIII Jornada Cultural.

Nesta Edição comemorativa a jornada acontece em seis dias, de 28 de março a 2 de abril. A XIII Jornada Cultural aborda temas diversos em sua programação, mas sempre priorizando eventos culturais como apresentações de espetáculos de teatro, boi de reis e artistas populares. Entretanto, não esqueceu os acontecimentos políticos atuais  como a reforma da previdência que será tratada num painel.

Nesta edição comemora-se os 20 anos de fundação da Associação. A Associação foi fundada em 1º de março de 1997 para dar vez e voz a Campanha Como Conviver com a Seca e ao Movimento Água para Todos do saudoso Monsenhor Expedito. Um de seus sócios fundadores foi o “Poeta das Águas” Hugo Tavares Dutra, falecido em 2015, que também foi o idealizador do Projeto das Jornadas Culturais.


Inauguração da Galeria presidentes
da Associação Rádio Comunitária Santa Rita
Para a Presidenta da Associação, Dailva Bezerra “a XIII Jornada Cultural representa uma retomada desse projeto que estava parado devido aos  problemas de saúde do seu idealizador, Hugo Tavares, e será mais importante para a cidade que terá mais oportunidade de ter eventos culturais de qualidade e que valoriza os artistas locais e da região". Ela ainda destacou a importância da parceria com as diversas instituições públicas e privadas da cidade para a realização da jornada que nessa edição que conta com 29 parceiros.
Exposição RADCOM 20 anos

Painel: atuação do IFRN em Santa Cruz

Momento ecumênico


Macilon Reis ao vivo na 87,9. XIII Jornada Cultural

Carlos Eduardo (Dudu) ex presidente
da Associação Rádio Comunitária
Santa Rita nos anos de 1999 a 2001

Promoção e prevenção de IST/AIDS/HIV com testes rápidos na V URSAP
Por Ronne Von

Baixe o Zararadio

sábado, 25 de março de 2017 / Sem Comentarios
Para quem deseja automatizar sua emissora e não tem grana para adquirir um software pago segue o ZaraRadio. O Zara é totalmente grátis e conta com funções que deixam os softwares pagos para trás. Fique a vontade para baixar.

Clique na imagem para baixar

FISTEL vence no final de março

sábado, 11 de março de 2017 / Sem Comentarios
Anualmente, as empresas de radiodifusão devem pagar o Fundo de Fiscalização das Telecomunicações – FISTEL até o dia 31 de março. As taxas obrigatórias são duas:

- Taxa de Fiscalização de Funcionamento (TFF)
- Contribuição Para o Fomento da Radiodifusão Pública

Para sua comodidade disponibilizamos aqui o o link para acesso ao Sistemas de Boletos da ANATEL bem como o Manual de Cadastro e Acesso ao Sistema Boleto. Acesse o sistema com antecedência para evitar maiores transtornos.

Imprima o boleto FISTEL


UNESCO lança programa produzido pela Abraço Nacional

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017 / Sem Comentarios
A Abraço Nacional (Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária) estreia nesta segunda-feira (13) um programa internacional em homenagem ao Dia Mundial do Rádio promovido pela UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. Elaborado por radialistas produtores da Abraço-GO, o programa terá o nome de Rádio em Movimento e irá ao ar às 10:00 horas no horário de Brasília – DF neste endereço: http://www.diamundialradio.org/event/radio-em-movimento .  Para baixar, basta acessar o endereço:  www.soundcloud.com/abracobrasil   . ¨O programa foi enviado para a Unesco, pois é uma denúncia que fazemos quanto a dificuldade das rádios comunitárias no Brasil. Unesco é um Organismo da ONU. Estamos na ONU!¨, afirma Valdeci Borges, coordenador da Abraço-GO e também um dos produtores do programa, junto com Valteir Santos.

O tema desta edição será a Medida Provisória 747, que o governo federal editou para ¨salvar¨ as mais de mil rádios comerciais que perderam o prazo na renovação da outorga, deixando de fora desse benefício às rádios comunitárias. As emissoras poderão baixar o programa e veicularem em suas respectivas grades de programação.

A votação do Relatório da MP 747 será dia 15 de Fevereiro de 2017. “A nossa saída nestes próximos três dias é para pressionar os parlamentares que fazem parte da Comissão Mista da MP 747, para que votem favoráveis as rádios comunitárias”, ressalta o coordenador executivo da Abraço Nacional, Geremias dos Santos.

Representantes da Abraço Potiguar vão a luta pelas rádios comunitárias

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017 / Sem Comentarios
Representantes da Abraço (Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária) estiveram na Audiência Pública sobre a Medida Provisória 747 realizada na terça-feira (6) em Brasília. A entidade contestou fato de as rádios comunitárias não estarem contempladas na MP 747/16, que anistia as entidades de radiodifusão que não tenham apresentado no prazo legal os pedidos de renovação da concessão ou permissão para funcionamento dos serviços. O debate foi realizado pela Comissão Mista instituída para apresentar parecer sobre a MP.

 O coordenador Executivo da Abraço Nacional, Geremias dos Santos começou questionando o Plano de Outorgas (PNO), iniciado pelo ex-ministro André Figueiredo, e que foi interrompido pelo atual governo, deixando centenas de rádios comunitárias sem perspectivas de funcionamentos em suas regiões. Ele prosseguiu ainda, defendendo a inclusão das rádios comunitárias e educativas na MP 747, que segundo eles não podem mais serem tratadas como “patinhos feios” pela Anatel, que fala “grosso” com as rádios comunitárias e “fininho” com as emissoras comerciais.

“Nós somos hoje quase cinco mil rádios outorgadas, sendo que neste exato momento nós temos 2.296 emissoras em processo de renovação de outorga. Se as rádios comerciais com toda a sua estrutura jurídica e administrativa perderam o prazo de renovação, imagine as rádios comunitárias que tem suas sedes em municípios com poucos recursos e estrutura humilde. E mais, o Ministério das Comunicações, mesmo com a criação da Lei 9.612/98, nunca realizou um seminário com o objetivo de preparar os dirigentes de rádios comunitárias”, reiterou Geremias. O dirigente lembrou também que a administração de uma rádio comunitária é totalmente diferente de uma emissora comercial, já que a primeira tem eleição de três em três anos para renovação de sua diretoria.

Para Geremias, as rádios comunitárias não podem ser tratadas da forma como vem sendo feita pela Anatel e o Ministério das Comunicações ao longo de todos estes anos. “Queremos ser tratados pelo parlamento, como aqueles que contribuem com as comunidades nos municípios, onde a povo tem acesso a serviços que dificilmente são prestados por outro tipo de veículo. Portanto, a nossa inclusão na MP 747 , que trata renovação de outorgas, é muito importante para a continuidade destes serviços”, afirmou.

O senador Hélio José (PR) reafirmou seu apoio a inclusão das rádios comunitárias na MP 747, lembrando que o parlamento não pode ter seus olhos voltados apenas para as rádios comerciais. “As rádios comunitárias são quem mais tem comunicado neste país. Não podemos ter  grandes empresas da comunicação em guerra com as rádios comunitárias. Queremos a união de todas as emissoras para a ajudar a comunicação brasileira”, falou.

O deputado federal  e ex-ministro das Comunicações, André Figueiredo (PDT-CE) defendeu a inclusão das rádios comunitárias e educativas na MP 747. Ele disse ser um absurdo abrir prazos para a radiodifusão comercial por meio de medida provisória e não incluir no processo a radiodifusão comunitária. “Nós não podemos tratar desigualmente, acentuando mais ainda a desigualdade. Isso é completamente antagônico ao princípio da equidade, que é tratar desigualmente os desiguais, mas para reduzir as desigualdades. É indispensável atender a esse pleito, que é absolutamente justo. Não estamos pedindo nada demais. Estamos pedindo o mesmo tratamento”, afirmou.

Em fevereiro de 2017 será realizada a Audiência Pública com o tema “Situação Atual das Rádios Comunitárias”.
- See more at: http://www.agenciaabraco.org/site/abraco-reivindica-em-audiencia-a-inclusao-das-radios-comunitarias-na-mp-que-regulariza-prazos-de-concessoes/#sthash.2wvnW0EC.dpuf
Postagens mais antigas ››